quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Unidade de Oncohematologia e transplante de MO









Inaugurada Unidade de Oncohematologia e Transplante de Medula Óssea do HUPES




Veja texto da UFBA em pauta e

imagem (Ministro da Sáude - José Gomes Temporão e Coordenador da Unidade -Dra. Glória Bomfim)




Com investimentos de mais de R$2 milhões provenientes da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), o Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (Complexo Hupes), mais conhecido por Hospital das Clínicas, passa a contar, a partir desta quarta-feira (4), com uma unidade de Onco-Hematologia e a primeira unidade pública do Estado de Transplante de Medula Óssea (TMO). A cerimônia de inauguração, às 15, teve a participação do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, do governador Jaques Wagner e do secretário estadual da Saúde, Jorge Solla. O Serviço de OncoHematologia já existia no Hupes há mais de 30 anos, porém, em função da crescente demanda assistencial em Hematologia nos últimos anos, houve a necessidade de expansão do número de leitos hospitalares e de atendimentos ambulatoriais para o tratamento de pacientes da rede SUS. “É sem dúvida um marco na qualidade da assistência especializada da rede pública de saúde, em uma área bastante carente de profissionais e serviços”, comenta a Dra. Glória Bonfim, coordenadora do serviço. Além de ser responsável pela assistência especializada a pacientes portadores de doenças hematológicas benignas e malignas, como leucemias, linfomas, mielomas, doença falciforme, entre outras, o serviço também desenvolve atividades acadêmicas, incluindo a formação de alunos de graduação e pós-graduação em Medicina e em outras áreas relacionadas. Segundo o Prof. Hugo Ribeiro Jr., diretor geral do Complexo Hupes, esta expansão e a instalação da Unidade de Transplante de Medula Óssea, sob a coordenação de Dr. Marco Aurélio Salvino, somente foi possível com a parceria significativa da Sesab. Com a ampliação, o número de leitos especializados da unidade passa de seis para 18 e os pacientes não precisarão mais ser encaminhados a outros estados para realizar os transplantes. “Antes do natal, queremos concretizar um sonho, realizar o primeiro Transplante de Medula Óssea e garantir um natal mais feliz para uma família baiana”, afirma Dr. Marco Aurélio. Foram investidos R$500 mil para as obras de reforma da enfermaria, que estava desativada há mais de 20 anos; outros R$563 mil para materiais de consumo; e mais de R$1 milhão em equipamentos. O atendimento será iniciado a partir de 1.º de dezembro; até lá, será montada toda a infra-estrutura de pessoal e de logística para oferecer o melhor atendimento à população.
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário